Funcionários do Hospital São Paulo que atuam na linha de frente da Covid-19 são imunizados

O olhar no rosto dos funcionários é de cansaço. Afinal de contas são 11 meses ininterruptos atuando no combate a pandemia. Mas também há um brilho de alívio, esperança e motivação.

O dia 21 de janeiro de 2021 entrou para a história no Hospital São Paulo. A data marca o momento em que as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chegaram e os profissionais que atuam na linha de frente desde o início da pandemia tomaram a primeira dose do imunizante. A segunda etapa está marcada para daqui a 14 dias.

Dezenas de funcionários foram imunizados. O semblante de alegria também foi perceptível em todos eles, afinal de contas, desse o início da pandemia, os profissionais trabalham sob tensão, sem saber se irão voltar para suas casas contaminados.

Neste período de pandemia, muitos foram infectados, mas depois de recuperados voltaram ao trabalho, como um soldado volta para uma batalha na linha de frente.

O Hospital São Paulo durante esses 11 meses nesta luta incansável contra a pandemia foi a primeira instituição a receber os pacientes com Covid na microrregião, encarou o momento como um campo de guerra e foi referência em no estado no tratamento contra o coronavírus, mesmo no período em que a doença era pouco conhecida e as informações eram escassas.

Vidas foram perdidas, porém, centenas de pessoas que chegaram a ficar desacreditadas pelos médicos foram salvas.

Para a administradora da instituição, Rita Pereira, a vacina irá trazer mais motivação e segurança a todos os funcionários a partir de agora. “Ver nos olhos de cada funcionário a felicidade e a esperança ao tomar a vacina foi gratificante. Sem dúvida, eles estarão mais seguros para desempenhar suas funções e motivados”, destacou Rita.

 

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: