Anuncie
Muriaé e Região

PC prende autor de homicídio no Belvedere e delegado detalha motivação do crime

Por: Rádio Muriaé 06/10/2017 16:48
PC prende autor de homicídio no Belvedere e delegado detalha motivação do crime
Jovem de 21 anos, havia sido encontrado pela PC na última quarta (4) e confessou o crime

Delegado da Divisão de Homicídio, Rangel Marino, deu detalhes em coletiva de imprensa na 4ª DRPC

Pedaço de madeira usado pelo autor para agredir a vítima

O corpo de Luiz Vilela foi encontrado segunda (2) na Serra de Belvedere

O jovem de 21 anos que confessou ter assassinado Luiz Ricardo Vilela, cujo corpo foi encontrado carbonizado na última segunda-feira (2), no meio do mato, no alto da Serra do Belvedere, foi preso pela Polícia Civil (PC), na tarde desta sexta-feira (6). O delegado da Divisão de Homicídios, responsável pelo inquérito, Rangel Martino concedeu uma entrevista coletiva na sede da Delegacia Regional de Muriaé, no bairro Safira e relatou detalhes do crime.

Rangel Martino explicou que o jovem foi preso em cumprimento a um mandado judicial solicitado pela PC.

O rapaz foi localizado pela Polícia Civil na última quarta-feira (4) no município de Laranjal. Na sequência ele prestou depoimento, confessou ter praticado o crime, ainda participou da reconstituição na Serra de Belvedere e foi liberado. Na ocasião, Rangel Martino explicou que o mesmo não foi preso uma vez que não havia flagrante.

Segundo o delegado, autor e vítima mantinham um relacionamento homoafetivo há cerca de 2 anos, no entanto, o acusado, que namora uma jovem de Sapucaia, não queria que o caso se tornasse público.

Ainda cofnorme Martino, o rapaz alegou que queria terminar o relacionamento, mas a vítima teria ameaçado divulgar fotos que revelaria o caso amoroso.  Por isso levou Luiz Ricardo até o local do crime na noite do último domingo (2), o agrediu com um pedaço de madeira (que foi apresentado na coletiva), arrastou até o meio da mata, jogou gasolina, colocou um pneu e ateou fogo no corpo.

O autor disse ainda que pegou os três celulares da vítima, destruiu e jogou no córrego no intuito de dar fim a possíveis provas do relacionamento de ambos. Ele levou os investigadores até o córrego e os aparelhos foram recolhidos.   

 

Texto: Rádio Muriaé – reprodução na íntegra ou parcial do conteúdo (texto e imagem) permitida somente mediante crédito.

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: