Por 11 votos a 5 vereadores aprovam projeto que adequa cargos ligados ao vice-prefeito

Momento da votação e aprovação do projeto

Vice-prefeito, Marcos Guarino, falou aos vereadores antes da votação

Lìder do governo na Câmara, vereador Júlio Simbra, explica o projeto

Por 11 votos a 5 vereadores aprovam projeto que adequa cargos ligados ao vice-prefeito
Dois servidores passam a fazer parte do Gabinete do Prefeito, mas permanecerão à disposição de Marcos Guarino

Populares levaram faixas e cartazes em apoio ao vice-prefeito

Antes da votação, vice-prefeito Marcos Guarino pediu aos vereadores que não aprovassem o projeto

Vereador Júlio Simbra, líder do governo, explicou o projeto

De pé, os vereadores que foram contra o projeto: Mirian Facchini, Devail, Elvandro Cheiroso, Jair Abreu e CIso

Depois de mais de 2 horas e meia de muito debate e manifestações populares, durante reunião ordinária na Câmara Municipal de Muriaé na noite desta terça-feira (2), a maioria dos vereadores aprovou o projeto de autoria do Prefeito de Muriaé Grego que adequa dois cargos comissionados ligados diretamente ao vice-prefeito Marcos Guarino. Por 11 votos a 5, o projeto foi aprovado.

Clique aqui e veja a íntegra do projeto 042/2017

Com faixas e cartazes em apoio ao vice-prefeito, populares lotaram o plenário da Câmara para assistir a audiência e a votação do projeto. Em alguns momentos houve manifestações mais exaltadas que foram repreendidas pelo presidente da Casa, vereador Carlos Delfim (PSDB).

Antes da votação do projeto a tribuna foi aberta para Aa fala dos inscritos, entre eles Marcos Guarino que pediu aos vereadores para não aprovarem o projeto justificando que seu trabalho ficaria limitado caso os cargos de “assessor administrativo” e “assessor de planejamento”, que atuam junto ao vice-prefeito, fossem retirados de seu gabinete e direcionados para o chefe do executivo.

Muitos vereadores também utilizaram a tribuna e apresentaram seus argumentos para defender ou criticar o projeto.

O líder do governo na Câmara Municipal de Muriaé, Júlio Simbra (DEM), destacou que “o projeto trata apenas de uma adequação de dois cargos comissionados, para corrigir o erro ocorrido em uma votação no início do ano.”

O projeto aprovado em janeiro, a que o vereador se refere, é a Lei 5.371/2017, de autoria do próprio prefeito que estabeleceu a estrutura de cargos da atual administração.

Simbra explicou que oficialmente não existe o órgão intitulado “Gabinete do Vice-Prefeito”, por isso tais cargos foram remanejados para o Gabinete do Prefeito, porém, segundo o parlamentar, os servidores e os cargos permanecerão à disposição de Marcos Guarino, já que o objetivo do projeto não é exonerar tais servidores.

Quanto às diferenças ideológicas de Grego e Marcos Guarino, Simbra disse que não há um rompimento formal entre eles, porém acredita que ambos precisam se ajustar.

 Emenda rejeitada

O vereador Jair Abreu (PT) apresentou uma emenda visando a manutenção dos cargos vinculados ao gabinete do vice-prefeito, que foi assinada por outros parlamentares, porém  foi rejeitada durante votação.

Texto: Rádio Muriaé – reprodução na íntegra ou parcial do conteúdo (texto e imagem) permitida somente mediante crédito.

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: