Região: homem é preso em Ubá, acusado de abusar sexualmente de pelos menos 2 de suas filhas

Um homem de 58 anos foi preso pela Polícia Militar (PM), na cidade de Ubá – cerca de 100 km de Muriaé -, suspeito de abusar sexualmente de pelo menos duas de suas filhas. O fato se deu no último sábado (4) e segundo a PM, o pai foi denunciado por duas filhas, de 15 e 22 anos, que afirmam que ele é pai de um garoto de 7 anos, fruto de relação sexual com sua filha mais velha, de 29 anos.

De acordo com o Registro de Evento de Defesa Social (REDS), popularmente chamado de Boletim de Ocorrência, confeccionado pela PM, os militares que atenderam a ocorrência patrulhavam o bairro Vila Casal na manhã de sábado (4) quando foram parados pelas duas jovens, que estavam muito abaladas, tendo a adolescente de 15 anos iniciado as denúncias relatando que naquela madrugada acordou com sei pai “mexendo em sua genitália.

De acordo com o registro policial, a garota disse que se assustou e gritou e que o pai queria que ela fizesse sexo oral com ele. A jovem afirmou ser constantemente assediada pelo pai, inclusive com carícias em seu corpo, e segundo seu relato aos militares, ele já teria tentado violentá-la várias vezes, desde que tinha 12 anos.

Conforme o REDS, as irmãs contaram que a jovem de 22 anos, também filha do acusado, teve um dos braços quebrado por ele no dia anterior. Elas também disseram que o pai é muito violento, que as ameaça e que pratica ainda violência psicológica, afirmando que se for preso a mãe delas, que sofre de problemas psiquiátricos, morrerá.

Além disso, as jovens contaram, conforme a PM, que o pai tem um filho de 7 anos com sua filha mais velha, de 29, e que o menino também é portador distúrbios mentais.

Segundo o que relatado pelos militares no registro, o acusado confirmou, “de livre e espontânea vontade”, os fatos narrados pelas duas filhas. Consta ainda no REDS que a adolescente revelou estar grávida e que o pai estaria tentado forçá-la a tomar um chá abortivo, mas que ela não tomou a bebida.

O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para apresentação à Polícia Civil (PC), que vai apurar o caso, registrado pela PM como estupro consumado.

 

Texto: Rádio Muriaé – reprodução na íntegra ou parcial permitida somente mediante crédito.

 

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: