Vereadores decidem suspender direito de gratuidade para o uso do rotativo

O vereador Reginaldo Roriz (PSD) participou de uma conversa no programa “Manhã da Muriaé” nesta quarta-feira (14). Em entrevista ao comunicador, Jorge Luiz e ao jornalista, Paulo Victor Costa, o parlamentar falou sobre o decreto feito pela prefeitura que garante gratuidade nos serviços do rotativo aos poderes legislativo, judiciário e executivo.

De acordo com Reginaldo, ele foi um dos vereadores que manifestou contra e protocolou um ofício ao Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Muriaé (Demutran) e ao presidente da Câmara, Davi Lacerda.

O projeto de resolução que trata somente de assuntos internos da câmara, foi protocolado pelo vereador Júlio Simbra e teve a assinatura de nove vereadores.

Para ser sancionado o projeto precisa da aprovação do presidente da câmara. O poder executivo e o judiciário continuarão tendo gratuidade nos serviços.

“Esta é uma resposta da casa legislativa à sociedade, dizendo que nós não concordamos com o privilégio e também vamos pagar o rotativo”, afirmou Roriz.

Outro assunto debatido na entrevista foi sobre uma emenda parlamentar no valor de R$ 700 mil liberada pelo senador por Minas Gerais, Carlos Vianna (PSD) através de um pedido de Reginaldo e mediado pelo deputado estadual Dr. Wilson Batista.

Segundo Reginaldo, a Prefeitura completará mais R$ 170 mil, totalizando R$ 870 mil. Esse recurso será destinado para a pavimentação asfáltica. As ruas que serão asfaltadas ainda não foram definidas.

 

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: