Zema fecha divisas para ônibus e proíbe comércio em todas as cidades mineiras; aulas serão online

Zema fecha divisas para ônibus e proíbe comércio em todas as cidades mineiras; aulas serão online
Pedro Gontijo / Imprensa MG

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou na noite desta sexta-feira (20) decreto de calamidade pública e restrições ao comércio, transporte e educação em Minas Minas Gerais.
Em vídeo transmitido pelo seu perfil no Instagram, Zema disse que enviará o projeto de calamidade à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na próxima segunda-feira (23), dia em que passa a valer uma série de restrições para combater o avanço do coronavírus. Entre as determinações está o fechamento de todos os comércios, exceto os de funcionamento essencial, como farmácias e supermercados. Estão suspensos também eventos onde haja potencial de aglomeração.
 
Além disso, as aulas nas escolas estaduais, municipais e particulares estão suspensas. As divisas estaduais serão fechadas para os ônibus e trens de passageiros.
O governador afirmou que não é possível prever por quanto tempo o decreto de calamidade pública vai vigorar, mas que ele pode se estender por mais de dois meses. "Estamos vivendo um momento único, excepcional. Gostemos ou não de mudar nossa vida. Não sabemos se essa situação vai durar mais 20 dias, ou 40 ou 60 dias. Mas ela está acontecendo. Parece que algumas pessoas não tomaram ciência da gravidade da situação. O mundo nunca viveu algo como isso. Nem nossos pais, nem nossos avós passaram por algo assim. A partir de segunda-feira, milhões de pessoas não poderão ir às escolas, lojas, shoppings e comércios. Vamos ter que abrir mão de tudo em nome de salvar vidas", afirmou.
Com a medida de calamidade, o governador possui prerrogativa para atuar junto aos municípios. A estadualização obriga as cidades a seguirem as regras do Governo do Estado.   
Confira as restrições a partir de segunda-feira (23):
 
Comércio
Todos os estabelecimentos comerciais estarão fechados. Só ficarão abertos os que são essenciais, como farmácias, padarias e supermercados.
Transporte interestadual
Serão fechadas as divisas do estado para transportes de passageiros vindos de outro estado, sejam ônibus ou trens. Já O transporte aéreo dependerá de autorização federal, mas a previsão é que seja suspenso em todo o estado.
 
Transporte coletivo urbano e intermunicipal
Haverá expansão da restrição ao transporte público municipal. Dentro das cidades, os ônibus só poderão circular dentro do limite de capacidade de pessoas sentadas. E nas linhas intermunicipais, só poderão circular com metade da capacidade de pessoas sentadas. 
 
Escolas
O fechamento de escolas passa a ser imposto para qualquer instituição de ensino, estadual, municipal ou particular. Os alunos da rede estadual vão estudar em aulas não presenciais. “Quem tem internet, fará desta maneira. As outras irão na escola, pegar o material e devolver na semana seguinte”, disse. “Sem tumulto e da forma mais segura possível”, garantiu.
 

Fonte : estado de Minas

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: