Ativista pede solução para o lixo de Divinópolis

A professora universitária e ativista socioambiental, Helcia Veriato, subiu na Tribuna Livre da Câmara Municipal de quinta-feira (4), para pedir aos vereadores que deem mais atenção ao destino e ao tratamento do lixo urbano de Divinópolis. De acordo com a ativista o Centro Municipal de Triagem está abandonado e oferece condições indignas de trabalho para os catadores de lixo. Ela também fala que não adianta ter leis sobre resíduos de lixo se elas não são cumpridas.  

O lixão da cidade é inadequadamente chamado de aterro sanitário e não atende a legislação ambiental estipulada pelo Ministério do Meio Ambiente. Em março foi proposta uma solução viável que refere a construção de um verdadeiro aterro sanitário em Marilândia, nas proximidades da rodovia BR-494, para processar o lixo de doze cidades, entre elas o de Divinópolis. Porém, não há nenhuma definição da Prefeitura local. As informações são do Jornal Agora.  

Postado originalmente por: Sucesso FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: