Onda Roxa, com toque de recolher, continua em 13 das 14 macrorregiões de Minas

Onda Roxa é a fase mais restrita do programa Minas Consciente e tem como objetivo conter o avanço da Covid-19

Treze das 14 macrorregiões de Saúde de Minas Gerais continuarão na Onda Roxa do programa Minas Consciente. Somente a região Triângulo Norte, primeira a ser inserida nessa fase mais restritiva, registrou melhora em todos os indicadores da Covid-19 e, por isso, avançará para a Onda Vermelha. A microrregião de Saúde de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, também irá avançar para o nível vermelho.

A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta quarta-feira (31). Conforme informou o governo, a decisão foi tomada pelo Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que se reúne semanalmente para avaliar a evolução da pandemia em Minas.

“As outras localidades ainda não apresentaram uma queda sustentada na taxa de óbitos e de ocupação em leitos de UTI. Por isso, deverão seguir as medidas mais restritivas pelo menos até 11 de abril. As medidas são reavaliadas a cada sete dias pelo Comitê”, explicou o Estado, em nota.

 

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: