Covid-19: superintendente fala sobre situação das vacinas para a região

Em vídeo divulgado nesta terça-feira, 15  o Superintendente Regional de Saúde, Juliano Estanislau, prestou esclarecimento sobre vacinação contra Covid-19 no território da Superintendência Regional de Saúde (SRS) Manhuaçu, como as diferenças no estágio de vacinação por parte de alguns municípios, continuidade na vacinação por faixa etária e inclusão de novos grupos prioritários.

Segundo ele, a instituição trabalha com bancos de dados oficiais – as vacinas são remetidas ao Estado de Minas Gerais e, posteriormente, remetidas a SRS que repassa aos municípios. Juliano Estanislau enfatiza que o Governo de Minas irá criar o “Grupo de Análise e Monitoramento da Vacinação”, uma a nível estadual e outro no âmbito regional responsáveis por analisar e equilibrar o quantitativo entre os municípios para que ocorra uma vacinação mais uniforme e que atenda os critérios do Plano Nacional de Imunização (PNI). 

O Superintendente informa que a SRS não tem governabilidade e autonomia para atender as solicitações de inclusão, por parte de determinadas instituições, na imunização de novos grupos prioritários. Ele salienta que as vacinas já chegam a Regional de Saúde endereçadas a grupos prioritários conforme prioridades estabelecidas pelo PNI – cabendo qualquer alteração a cargo do Ministério da Saúde.

Sobre o retorno da vacinação por faixa etária o Superintendente Regional de Saúde esclarece que a Nota Técnica 22, de 11/06, elenca a vacinação dos grupos prioritários e para este grupo haverá a distribuição de 30% do quantitativo de vacinas  sendo que os outros 70%serão destinados a vacinação por faixa etária de forma decrescente.

Danilo Alves – Tribuna do Leste 

Postado originalmente por: Tribuna do Leste – Manhuaçu

%d blogueiros gostam disto: