Diretor da Regional de Saúde avalia situação da COVID-19 na região

Na quinta-feira, 19, representantes da Secretaria de Estado de Saúde, Ministério Público de Minas Gerais, Prefeitos da macrorregião Leste do Sul, da Superintendência de Ponte Nova e de Manhuaçu e também secretários de saúde dos municípios da área de abrangência se reuniram para avaliar o cenário atual da COVID-19 e também a situação do plano Minas Consciente.

Durante o encontro, constatou-se que a região Leste do Sul, ao qual a microrregião de Manhuaçu pertence, retornou para a onda amarela, assim como a macrorregião sudeste ligada a microrregião de Carangola retornou para a amarela. No entanto, as microrregiões de Manhuaçu e Carangola tiveram uma desclassificação mais restritiva e foram classificadas na onda vermelha, devido a taxa de incidência e a alta ocupação de leitos clínicos e também de UTI, segundo o Diretor da Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Manhuaçu, Juliano Estanislau. “É importante ressaltar que o Gestor Municipal tem autonomia para decidir se o município segue na onda referente a sua microrregião ou na onda referente a macrorregião. Então, tanto Manhuaçu quanto Carangola têm em seus gestores a decisão de permanecer na onda vermelha ou na onda amarela”, disse.

Juliano Estanislau pediu a colaboração da população em relação as medidas de distanciamento e os cuidados com relação a prevenção, ou seja, o uso de mascaras, assepsia adequada das mãos com álcool em gel. Ele salientou que não é momento para aglomerações. O Diretor da Superintendência Regional de Saúde de Manhuaçu reiterou que as equipes de atenção primária dos municípios devem identificar rapidamente os casos suspeitos e monitorar as pessoas de contato próximo. “Somente assim nós vamos conseguir conter esse avanço progressivo do vírus que aparenta estar entrando em uma segunda onda e vamos também, paralelo a essa situação, discutir com a rede hospitalar e seus prestadores a possibilidade de readequar o plano de contingência, aumentando assim a capacidade assistencial, mas contando com a cooperação e atos de cidadania da população”, frisou.

Danilo Alves – Tribuna do Leste

Postado originalmente por: Tribuna do Leste – Manhuaçu

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: