Justiça Eleitoral promove Semana do Jovem Eleitor

De segunda-feira (25) até sexta-feira (29), a Justiça Eleitoral realizou em todo o país a Semana do Jovem Eleitor, que buscou conscientizar os futuros eleitores sobre a importância do voto. As ações, coordenadas pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) dos 26 estados, foram voltadas para os jovens que deverão votar pela primeira vez nas Eleições Municipais de 2020. No Distrito Federal, não haverá pleito no ano que vem.

Conforme prevê o artigo 14 da Constituição Federal, o voto para os eleitores nessa faixa etária é facultativo. Assim, ainda que tenham o título de eleitor, esses jovens não são obrigados a votar, nem sofrerão sanção caso não compareçam à votação. Apesar disso, a ideia da Semana do Jovem Eleitor é incentivar os cidadãos de 16 e 17 anos a participarem ativamente da escolha de seus representantes políticos.

Com a Semana do Jovem Eleitor, a Corregedoria-Geral Eleitoral espera diminuir o fluxo de atendimento na última semana antes do fechamento do Cadastro Eleitoral, legalmente previsto para o dia 7 de maio. “Sendo assim, todos os eleitores que ainda não têm título de eleitor e aqueles que precisam regularizar a situação devem comparecer a um cartório eleitoral até o dia 6 de maio de 2020. A medida é necessária para que os cidadãos possam votar normalmente nas próximas eleições municipais, marcadas para o dia 4 de outubro do ano que vem”, afirma o chefe do Cartório Eleitoral de Manhuaçu, Savele Xavier de Barros.

Estatísticas

Nas últimas eleições, realizadas em outubro de 2018, o número de eleitores jovens com voto facultativo representava 0,95% do eleitorado: um total de 1.400.617 pessoas. Atualmente, o Cadastro Eleitoral contabiliza 1.310.194 eleitores registrados com 16 e 17 anos. O número é menor do que o verificado naquela ocasião porque boa parte desses eleitores já atingiu a maioridade, segundo informou Savele Xavier.

Campanha

A fim de contribuir para a mobilização, também foram veiculadas em rádio, televisão e nas redes sociais dos órgãos da Justiça Eleitoral campanhas de conscientização produzidas pelo TSE voltadas aos jovens, com o conceito “Seu voto tem superpoderes”. O conceito está relacionado ao mote da logomarca das Eleições Municipais de 2020 #SeuVotoTemPoder. “O objetivo das campanhas, que utilizaram linguagem simples e moderna, tratou de envolver os jovens no assunto e fortalecer o interesse dessa faixa etária em participar da vida política, contribuindo, assim, para delinear o futuro do país”, finalizou o chefe do Cartório Eleitoral de Manhuaçu.

Danilo Alves

Postado originalmente por: Tribuna do Leste – Manhuaçu

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: