ONG reforma banheiro de moradores do bairro São Francisco de Assis

Senhor Miguel e dona Maria residem no bairro São Francisco de Assis. Os dois moram em uma pequena casa nas proximidades da Avenida Hervé Cordovil, constituída por cerca de quatro cômodos, incluindo o banheiro. Pessoas humildes, os dois auxiliaram a ONG AMAR Manhuaçu em uma reforma realizada há cerca de três semanas em uma moradia próxima a residência do casal. Eles deixaram que os membros da instituição utilizassem o seu banheiro enquanto os acabamentos eram efetivados nesta que é a quinta casa reformada pela ONG.

Porém, enquanto utilizavam o banheiro, os voluntários perceberam a precariedade do local, que estava escuro e sem acabamento. Além disso, o esgoto doméstico não saia para a rede de tratamento municipal, mas pelos fundos do lote da moradia, trazendo mal cheiro para dentro da própria casa. Cabe salientar que o casal de idosos não possuía condições de fazer os reparos necessários, tanto do banheiro quanto do esgoto, e por isso a situação em que se encontravam.

A situação mudou quando a reforma da casa foi concluída e a entidade voltou seus olhos para senhor Miguel e dona Maria. Utilizando materiais que sobraram da reforma anterior, comprando apenas utensílios básicos e contratando um pedreiro por conta da própria ONG deu-se início a um pequeno reparo na moradia, conforme explica Lidiane Espindula, representante da diretoria da ONG. “Eles foram o suporte e nos ajudaram durante os mutirões na casa cinco, há cerca de três semanas. Refizemos o banheiro e ligamos o sistema de esgoto, que saía pelos fundos do lote e trazia mal cheiro para dentro de casa, através de uma ligação de encanamentos para o sistema da rua. E não fizemos mutirões pois eram pequenos reparos a serem feitos”, explica.

Outra representante da diretoria da instituição, Cleuzenir Viza, destaca o apoio fornecido pelo casal enquanto os serviços de reparos eram desenvolvidos em outra moradia. Ela acrescenta que a situação do banheiro era precária e não era confortável para senhor Miguel e dona Maria.

Alegria
Os rostos apreensivos pela reportagem do Tribuna do Leste na casa não foram suficientes para disfarçar a alegria pelo ato generoso de pessoas voltadas ao bem-estar do próximo. De acordo com senhor Miguel a situação do banheiro e do esgoto não era a adequada, mas agora, ambos ficaram arrumados.

Dona Maria reforça a satisfação em ter um “banheiro novo” e pelo esgoto sair de forma adequada agora, pois o mal cheiro incomodava. “Não tínhamos condições para fazer esses reparos, mas graças a Deus recebemos ajuda. Fiquei muito satisfeita em ter arrumado para nós porque o banheiro estava ruim e o mal cheiro provocado pelo esgoto era desagradável”, pontua.

Danilo Alves

Postado originalmente por: Tribuna do Leste – Manhuaçu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: