Rotary comemora 116 anos de história e serviços voluntários

A dimensão que um sonho pode alcançar não pode ser percebida em seu início. Uma prova disso é a iniciativa de Paul Harris e outros três amigos, a partir de pequenas reuniões na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, há 116 anos, em 23 de fevereiro de 1905. Os encontros para discussão de ideais e ações fez surgir uma organização que hoje está presente em vários países e com diversos trabalhos humanitários que eles certamente não imaginavam naquele momento.

Mais que uma reunião de companheirismo, o Rotary Club é hoje uma organização mundialmente conhecida, voltada para questões humanitárias e de responsabilidade social. São aproximadamente 1,2 milhão de voluntários rotarianos presentes hoje em 218 países e regiões geográficas. Algumas ações são grandiosas, de alcance mundial como o plano de erradicação da poliomielite através da vacinação, desenvolvida desde meados dos anos 1980 em parceria com a Organização Mundial da Saúde e outras entidades, e que reduziu em 99% os casos mundiais de pólio. No Brasil, a doença foi erradicada em 1989.

No mundo todo, a organização é dividida em 36.442 Rotary Clubs. O Brasil é um dos países onde o Rotary é mais forte. Segundo a Revista Rotary Brasil, edição de janeiro de 2021, atualmente o país possui 2.411 Clubs e 52.291 rotarianos, sendo 15.173 mulheres. Os associados, chamados de rotarianos, são homens e mulheres que prestam serviços voluntários às comunidades onde atuam profissionalmente, ajudando a promover a ética nos negócios e desenvolvendo projetos em diversas áreas, como saúde e educação, cujo grande objetivo é estimular a boa vontade e a paz mundial.

Manhuaçu

O Rotary Club de Manhuaçu foi fundado em 1954 e integra o Distrito 4521 que é governado por Fauzi Hadad (2020-21). Sob a presidência da dinâmica Maria Érika Braga Souza, o Rotary tem discutido e desenvolvido projetos e ações em prol da comunidade. Destaque para o Programa Empresa Cidadã, com a participação do Centro Universitário UNIFACIG, Multiaço e Café Emerick, com doações destinadas aos projetos humanitários da Fundação Rotária no Brasil.

O projeto Ultrapassando Limites é uma iniciativa local de responsabilidade social transformadora que incentiva o aprendizado dos alunos da rede pública, premiando aqueles que apresentarem melhor aproveitamento nas escolas cadastradas. No final de 2020 o Rotary implementou, em parceria com o Supermercado Pais e Filhos, o “Troco Solidário – Cada centavo importa”. Pela iniciativa, o cliente, ao pagar as compras no supermercado, pode solicitar ao funcionário do caixa, que o troco seja revertido para doação a causas sociais. Os valores arrecadados são revertidos para entidades locais como a Darei Assistência à Criança, Projeto Novo Horizonte, Asilo Sociedade São Vicente de Paulo e outras.

Este ano, os voluntários comemoram os 116 anos da organização com o lema “O Rotary abre oportunidades”, uma mensagem de incentivo para que criem oportunidades através de suas habilidades, para que se fortaleçam e coloquem em prática ações que melhorem a vida dos mais necessitados.

Participando ativamente das iniciativas propostas pelo Rotary Internacional, e reforçando a importância do envolvimento nas diversas ações em prol da comunidade, o Rotary de Manhuaçu realizou na noite de quinta-feira, dia 25, a doação de R$ 5.000,00 para o projeto “Se Essa Casa Fosse Minha”, valor que será revertido em materiais para a construção ou reforma das casas de famílias carentes que já estão cadastradas. Na sequência, foram homenageados com o título Paul Harris, a mais graduada homenagem do Rotary Internacional, os companheiros Jorge Eduardo, Moreira Lopes, Ademério Eduardo, Rodrigo Hott e a presidente Maria Érika (Paul Harris – Safira).

Em nota de incentivo, o Rotary Internacional destaca que cada rotariano, onde quer que esteja o seu distrito e se envolvendo de coração nas suas ações, é parte de uma peça que forma uma gigantesca força de trabalho. “Nunca nossas comunidades precisaram tanto de nós como nesse momento peculiar que atravessamos. Vamos abraçar os desafios e transformá-los em oportunidades de servir,” concluiu a nota do Rotary Internacional.

Moreira Lopes/Júlio Oliveira

Postado originalmente por: Tribuna do Leste – Manhuaçu

%d blogueiros gostam disto: