Secretaria de Segurança do Espírito Santo se reúne com a Polícia Civil para conhecer “Plantão Digital”

Nesta quinta-feira, 25, uma comitiva da Secretaria de Segurança do Estado do Espírito Santo veio a Manhuaçu para conhecer o sistema “Plantão Digital”. Na ocasião, o grupo pode conhecer como a iniciativa possibilita mais rapidez nos procedimentos e redução de deslocamentos de policiais, vítimas e testemunhas em ocorrências para outra cidade.

O Plantão Digital possibilita a realização de autos de prisão em flagrante por meio de videoconferências, em uma sala virtual, com a participação de policiais e envolvidos em ocorrências criminais. Ele é composto por equipes de policiais civis em dois locais distintos – uma no plantão da Delegacia de Polícia de onde ocorreu o fato e a outra no local da delegacia do plantão digital. Esse diálogo, mantido por meio da plataforma de videoconferência, é registrado diretamente no sistema oficial da Polícia Civil, o PCnet. As ocorrências são processadas no ambiente virtual, com assinaturas digitais e gravações, garantindo integridade ao processo. Para aderir ao projeto basta a delegacia dispor de computadores com câmeras, uma plataforma virtual (programas baixados gratuitamente) e conexão de internet.

No dia 2 de junho de 2020, Manhuaçu e Caratinga lançaram a segunda fase do projeto, inaugurando o uso da plataforma no interior do estado. As regiões de Manhuaçu e Caratinga, compostas por 48 cidades, passaram a contar com apenas um efetivo no plantão, otimizando assim os recursos humanos.
A expectativa da Polícia Civil é de que até o fim do ano o Plantão Digital seja implantado em todas as regiões do estado.

Benefícios

O Plantão Digital alia qualidade e velocidade na lavratura de procedimentos de flagrante, gerando uma economia de recursos públicos e reduzindo o tempo de permanência de equipes policiais civis e militares nas unidades.

Um ganho evidente é o aumento de servidores no expediente, já que é possível diminuir a quantidade de policiais no plantão. O projeto ainda evita o deslocamento de vítimas, testemunhas e policiais para o encerramento de uma ocorrência em outra cidade.

Danilo Alves – Com informações da Polícia Civil de Minas Gerais

Postado originalmente por: Tribuna do Leste – Manhuaçu

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: