Brincadeiras e aprendizado são aliados para alimentação saudável

festival-leo

Incentivar crianças a comerem frutas e verduras pode não ser uma das tarefas mais fáceis. Mas os pequenos atendidos pelo Curumim de Santa Rita estão provando que aliar brincadeiras com alimentação saudável pode dar resultado. Nesta quarta-feira (9) aconteceu o primeiro dia do Festival Culinário, desenvolvido na unidade com o objetivo de introduzir frutas, verduras e legumes no cardápio. As atividades foram direcionadas para crianças com idade entre 4 e 7 anos.

Para a técnica em referência do Curumim, Kátia Andrade, o festival mostrou que a estratégia pode contribuir para a aceitação das crianças por esses alimentos. “Em todos os sucos foram misturados frutas, legumes e folhas. Observamos que muitas crianças que tinham rejeição a esses alimentos tomaram todos os sucos, e as cores influenciaram nessa vontade de experimentar. Em alguns casos, eles até repetiram a refeição”, comemora.

De acordo com a técnica, o trabalho desenvolvido pela educadora de artes da unidade, Sheila Gonçalves, contribui para que as crianças aprendam de diferentes maneiras. “Já é o segundo ano que promovemos o festival, e o trabalho integra diversos tipos de educação. Percebemos que, muitas vezes, as cores não eram atrativas, mas tivemos a comprovação de que elas podem incentivar as crianças. A possibilidade de manusear os alimentos foi uma novidade também, pois é algo que, muitas vezes, elas não têm o hábito, e a educadora teve a sacada de apresentar a alimentação de forma diferenciada, ludicamente”, destaca Kátia.

Durante a semana, diversas atividades foram desenvolvidas. “Usamos desenhos coloridos, com formas humanas, como uma forma de brincar com eles e dar interação. Enquanto explicávamos sobre os alimentos, eles colaram olhos e bocas nas frutas”, finaliza a técnica. O festival será encerrado na próxima semana. Na quinta-feira (4) e na sexta (5), as turmas de crianças com idade entre 8 a 10 anos e 11 e 13 anos produzirão doces e salgados com frutas e legumes. Um livro de receitas e um jornal serão elaborados pelos alunos, contando as experiências deles com as receitas produzidas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora / MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: