Câmera flagra acidente entre caminhão e moto em Juiz de Fora

“Se você não acredita em Deus, eu respeito, mas hoje eu tive a prova de que a mão Dele ajudou a dar um empurrãozinho.” Foi assim que o  servidor público Vinícius Faza, 29 anos, iniciou um post no Facebook para informar e tranquilizar amigos e familiares sobre o acidente que sofreu na tarde desta quinta-feira (1), em Juiz de Fora. Ele voltava do trabalho, por volta das 14h, quando foi atingido por um caminhão na saída do Pórtico Sul da UFJF, onde Vinícius trabalha. O post foi acompanhado por um vídeo, feito de uma câmera anexada ao capacete de um motociclista que vinha logo atrás de Vinícius.

A imagem mostra que o sinal tinha acabado de abrir para os veículos que saíam da UFJF, quando um caminhão de uma empresa moveleira cruzou a Avenida Presidente Itamar Franco, em direção à Avenida Eugênio do Nascimento, momento em que ocorreu a batida.

Em sua declaração na rede social, Vinícius afirmou pesquisar sobre pilotagem segura, o que também o ajudou a sair apenas com ferimentos leves do acidente. “Meu reflexo foi o de acelerar, não de frear. Qualquer coisa diferente do que eu fiz teria me colocado debaixo do caminhão.”

O judô, luta que praticou por 22 anos, também foi outro fator para o motociclista sair quase ileso do acidente. “Após sentir o impacto, eu pulei de cima da moto e fiz um rolamento, a primeira coisa que a gente aprende no judô.”

O Samu atendeu Vinícius rapidamente e ofereceu os primeiros socorros. A Polícia Militar chegou ao local pouco depois da equipe de resgate. Vinícius registrou um boletim de ocorrência e se dirigiu a pé para um hospital particular próximo ao local do acidente, onde foram constatados ferimentos no joelho e um corte no pé.

Em conversa com a Tribuna, Vinicius constata que os condutores precisam ter mais atenção e respeito no trânsito “As pessoas precisam respeitar mais os motociclistas. Vejo no meu dia a dia que as pessoas fecham as motos de propósito. Elas precisam entender que em cima da moto tem uma vida.”

O motorista do caminhão se comprometeu a cobrir todos os danos materiais do servidor público. A moto ficou bastante danificada, assim como o capacete e as luvas que ele usava. A Tribuna entrou em contato com a empresa responsável pelo caminhão e aguarda posicionamento.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora / MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: