Cemig alerta para novos golpes contra clientes

A Cemig fez um alerta em relação a um golpe que vem sendo aplicado contra seus clientes. Segundo a companhia, as ocorrências mais recentes foram registradas em Piau e Goianá. Na ação criminosa, os golpistas usam o nome da Cemig para abordar os moradores em suas casas. Eles se identificam como empregados ou credenciados para prestação de algum serviço, geralmente não solicitado pelo cidadão, em uma tentativa de entrar nas casas.

A empresa informou que alguns clientes de Piau e Goianá receberam a visita de um homem, que usava crachá e uma bolsa de ferramentas a tiracolo, dizendo que precisava trocar o medidor de energia elétrica do imóvel. Em um dos casos, o golpista teria dito a um cliente que a Cemig comprava o medidor velho. Em seguida, pediu à vitima seu talão de cheques para pegar os dados da conta para fazer o depósito. Já com o talão em mãos, solicitou um copo de água. Quando o morador foi buscar a água, o suspeito teria retirado uma folha do talão que posteriormente foi preenchida com valor de R$ 2.950 e descontada na cidade de Campos dos Goytacazes (RJ).

Em outro caso, segundo a Cemig, o golpista teria visto um padrão com obra iniciada e solicitou R$ 800 para fazer a ligação da energia, e o valor foi pago pela vítima. Em outras tentativas, o golpe não foi efetivado.

A companhia ressaltou que o acesso do colaborador ou prestador de serviços da Cemig está restrito ao medidor de energia elétrica, e “muitos serviços realmente são gerados diretamente por necessidade da companhia, como a troca de medidores ou vistorias na medição.”

Para constatar a legitimidade da visita, a Cemig recomenda que o consumidor exija a identificação daqueles que se apresentam em nome da empresa. Todos os funcionários da Cemig ou de empreiteiras a serviço da companhia usam crachá de identificação e uniforme. Se a cobrança for via telefone, a empresa recomenda que os clientes liguem imediatamente para o Fale com a Cemig, no número 116, para verificação da autenticidade do contato.

A Cemig afirmou ainda que a consulta de valores pendentes pode ser realizada por meio do WhatsApp (31) 3506-1160), Telegram (@cemigbot), por SMS pelo número 29810, no Facebook e Twitter pelo chat, e também pelo App Cemig Atende e Agência Virtual. A companhia orienta que, em caso de tentativa de golpe, seja registrado boletim de ocorrência, para segurança do cliente e para que a Polícia Civil possa investigar.

O post Cemig alerta para novos golpes contra clientes apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

%d blogueiros gostam disto: