Colégio Militar de Juiz de Fora suspende retorno presencial das aulas

O Colégio Militar de Juiz de Fora (CMJF) emitiu comunicado, na tarde de terça-feira (25), informando que foi suspenso o retorno presencial das aulas na instituição. A volta estava prevista para esta quarta-feira (26). O retorno das atividades presenciais na instituição de ensino é alvo de polêmicas desde o ano passado. Neste mês, o colégio chegou a ser notificado pela Prefeitura por conta da realização de uma atividade presencial.

O documento publicado na quarta-feira, assinado pelo comandante do colégio e diretor de ensino, Herval Queiroz de Souza, aponta que a determinação para o cancelamento do retorno presencial veio da Diretoria de Educação Preparatória e Assistencial (DEPA). “O comandante e diretor e ensino e o diretor da DEPA estudam as possíveis medidas cabíveis para a situação”, diz o texto. A Tribuna aguarda retorno da instituição.

O comunicado informa que as atividades de ensino terão início no dia 1º de fevereiro, totalmente na modalidade à distância. Antes, outro comunicado, publicado no site da instituição, com data e 18 de dezembro de 2020, dizia que “de maneira alinhada com os protocolos sanitários (pandemia Covid-19), informamos que nossas aulas, no início do ano letivo de 2021, ocorrerão na modalidade híbrida de ensino ( três dias na semana de forma presencial e dois por ensino remoto) e também em turnos distintos: ensino médio pela manhã ensino fundamental pela tarde.”

Notificação

Na semana passada, o Colégio Militar de Juiz de Fora foi notificado pela Prefeitura por ter dado início ao seu calendário letivo de 2021 com atividade presencial para 104 novos alunos, de acordo com o Executivo. O começo, na segunda (18), teria acontecido apesar de a Administração Municipal não ter autorizado a realização de atividades presenciais nas instituições de ensino do município.  A equipe da Fiscalização pela Vida esteve no estabelecimento na terça-feira (19) e constatou a irregularidade.

No dia 20, o colégio emitiu comunicado negando que a Fiscalização pela Vida, da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), tenha flagrado atividade com a presença de alunos, “mas somente atividades administrativas da Unidade”.

Já em setembro do ano passado, houve tentativa de retorno das aulas presenciais dos alunos do Colégio Militar. A instituição de ensino anunciou a retomada das atividades, mas reviu a decisão depois do veto do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19.

Em dezembro, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur), notificou o Colégio Militar de Juiz de Fora sobre a vedação da realização da solenidade de diplomação de alunos do 3º ano do Ensino Médio, que estava agendada para ser realizada no dia 11 de dezembro.

O post Colégio Militar de Juiz de Fora suspende retorno presencial das aulas apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: