Com calor recorde, JF registra umidade do ar mais baixa em 22 anos

Durante o dia, a umidade relativa do ar atingiu os 20%, a menor porcentagem desde 12 de maio de 1998, quando o índice foi de 11% (Foto: Fernando Priamo)

A segunda-feira (28) foi de recordes meteorológicos em Juiz de Fora. A cidade registrou a temperatura máxima de 35,4 graus, a maior desde 18 de outubro de 2016, quando os termômetros marcaram 37,4 graus, de acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) levantados pela Tribuna. Além disso, durante o dia, a umidade relativa do ar atingiu os 20%, a menor porcentagem desde 12 de maio de 1998, quando o índice foi de 11%. O que explica o tempo quente e a baixa umidade é a persistência da atuação de uma massa de ar seco sobre as regiões Sudeste e Centro-Oeste do país.

O cenário inspira cuidados, já que o percentual está na faixa do estado de alerta, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com a entidade, quando o índice se encontra em 20%, alguns cuidados devem ser tomados, como suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 16h, evitar aglomerações em ambientes fechados – o que também é recomendado por conta da pandemia – e usar soro fisiológico para hidratar olhos e narinas.

Previsão para os próximos dias

A previsão para esta terça é de um sensível declínio nas temperaturas, quando a mínima deve alcançar 18 graus, e a máxima, 33. O céu deve permanecer nublado a parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas em áreas isoladas.

A umidade relativa do ar também deve sofrer uma elevação, chegando à mínima de 30% no momento mais seco do dia, ingressando no estágio de atenção. Nesta faixa, a OMS recomenda evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h, umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins etc. e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, além de consumir água à vontade.

No decorrer da semana, a tendência é de elevação nos termômetros, nova diminuição da umidade relativa do ar e de céu com poucas nuvens. As temperaturas devem oscilar entre 18 e 34 graus, podendo chegar a 38 graus na sexta-feira (2 de outubro), de acordo com o Inmet.

O post Com calor recorde, JF registra umidade do ar mais baixa em 22 anos apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: