‘Deixe o amor falar mais alto’

Espaço de movimentos políticos e sociais, o Calçadão recebe mais uma ação com vozes da representatividade nesta quinta (18), em frente ao Cine-Theatro Central. O evento “Dia de Enfrentamento à LGBTfobia” realizá atividades artísticas e debates a partir de 10h, começando com uma roda de conversa sobre transexualidades e travestilidades, um diálogo entre vários coletivos e o público que comparecer ao local.

lgbt

 Realizado pelo Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH), em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (SEDPAC), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e os coletivos Flores Raras (Coletivo Feminista e Grupo de Pesquisa Educação, Comunicação e Feminismos – FACED-UFJF), Vozes da Rua, Candaces, Maria Maria e Visitrans, o movimento celebra o Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia, uma homenagem ao dia 17 de maio de 1990, quando ocorreu a exclusão da homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionadas com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“O evento é de toda a sociedade brasileira”, ressalta Daniela Auad, líder do Flores Raras e conselheira estadual da mulher de Minas Gerais. Auad lembra que a luta é pelo direito da população, abrindo a oportunidade de refletir o exercício da sexualidade. “Estamos em um país em que a raça, orientação sexual e gênero estruturam a classe social. Nenhum transsexual quer ficar fora do mercado de trabalho.”

Com o objetivo de ampliar as conversas em torno do assunto, as ações acontecem das 10h às 19h, em frente ao Cine-Theatro Central. Além das atividades, os grupos distribuirão panfletos para aqueles que estiverem transitando pela região, com mensagens como “Tire seu preconceito do meu caminho, que eu quero passar com meu amor”.

 

Confira a programação:

Transexualidades e travestilidades (10h)

Raça e gênero como categorias potentes de enfrentamento à LGBTfobia (12h)

Mídia e enfrentamento à LGBTfobia (14h)

Lesbianidades visíveis e enfrentamento à LGBTfobia (16h)

Juventudes, educação e o enfrentamento à LGBTfobia (18h)

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora / MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: