Fiscalização da PJF autua proprietário de granja onde houve aglomeração

A Prefeitura de Juiz de Fora, por meio da assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc), informou, nesta quinta-feira (5), que o proprietário da granja, no Bairro Sagrado Coração de Jesus, na Zona Sul, foi notificado e autuado pelo seu setor de fiscalização.

A granja, na Rua Marciano Pinto, foi alvo de denúncia, depois da realização de um baile funk, no último sábado (31). O evento gerou aglomeração de pessoas no interior do local e ao longo da via pública, já que uma grande fila de pessoas que aguardavam para entrar na festa foi formada.

Imagens que circularam pela internet mostravam que era possível ver pessoas aglomeradas no interior da granja em um pavimento térreo ao redor de uma piscina. Ainda era possível ver pessoas dançando sob uma iluminação colorida e ouvir a música que tocava no local.

Em seguida, o vídeo mostrava uma fila com pessoas que estariam esperando para entrar no local. Nas imagens, os frequentadores da festa estão sem máscara e sem respeitar o distanciamento que deveriam ter um dos outros. O evento, conforme os moradores da área, teria durado ao longo de toda a madrugada de domingo.

As imagens geraram críticas de internautas e de residentes da comunidade no que se refere à aglomeração e à proliferação do coronavírus.

O post Fiscalização da PJF autua proprietário de granja onde houve aglomeração apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

%d blogueiros gostam disto: