Governo de Minas anuncia aulas remotas para alunos da rede estadual

Professores e alunos foram surpreendidos na tarde dessa terça-feira (12) com a apresentação do Regime de Estudo Não Presencial para a rede pública estadual de ensino, lançado no site e nas redes sociais da Secretaria de Estado da Educação (SEE/MG). De acordo com o anúncio, docentes e estudantes dos ensinos fundamental e médio já podem começar a interagir com os conteúdos, por meio do site. As aulas e as atividades previstas nesse plano terão início na próxima segunda-feira (18).

As primeiras orientações a respeito do funcionamento do regime foram dadas em vídeo, pela secretária de Educação de Minas Gerais, Júlia Sant’Anna. Ela explicou que a iniciativa é composta por uma série de ferramentas desenvolvidas em conjunto pela equipe da SEE/MG, com o apoio das redes municipais. A ideia é que seja possível minimizar os efeitos da suspensão das aulas presenciais, determinadas pelo Estado, como estratégia de prevenção ao novo coronavírus.

O primeiro material de referência, segundo Júlia, são os Planos de Estudos Tutorados (PETs). O material foi elaborado a partir do Currículo Referência de Minas Gerais (CRMG) e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A distribuição aos alunos pode ser feita pelos meios virtuais via site, e-mail e Whatsapp e, para os que não possuem acesso, será entregue impresso. A SEE informou que a organização do processo de entrega do PET impresso aos estudantes deverá ser feita pela escola em contato com as secretarias municipais, por meio do aproveitamento dos trabalhadores deslocados das prefeituras e dos segmentos representativos das comunidades, entre outras possibilidades que sejam adequadas a cada situação.

Também a partir da próxima segunda-feira terá início o programa ‘Se Liga na Educação’, que vai ao ar diariamente, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30, pela Rede Minas, com aulas distribuídas por área de conhecimento. Na segunda-feira, aborda as linguagens (Português, Inglês, Literatura, Artes e Educação Física). Na terça-feira, Ciências Humanas (História e Geografia). Matemática será estudada na quarta-feira. Quinta será a vez das Ciências da Natureza (Biologia, Química e Física). E na sexta-feira uma programação voltada para os alunos que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O lançamento do aplicativo ‘Conexão Escola”, por meio do qual estudantes e professores terão acesso às aulas do programa e aos PETs, também deve ser feito na segunda. A navegação não terá custo. A plataforma será integralmente paga pelo Estado, segundo Júlia. A partir do dia 25 de maio, o aplicativo também deve começar a permitir a interação via chat. “Nada impede que você, professor, já possa ir interagindo com seus alunos e contando com o apoio da sua escola, para preparar materiais e estratégias complementares para que esse processo de ensino e aprendizagem seja cada vez mais estreito.”

O processo será gradual, de acordo com a secretária. “Nos próximos dias teremos muita tranquilidade para que você, aluno, e você, professor, possam ir se reaproximando das atividades escolares, de forma serena e muito compreensiva a esse momento sensível e cuidadoso pelo qual estamos passando.” Ela destacou ainda que nada substitui a relação presencial entre aluno e professor. “Mas é nossa função garantir a continuidade do estudo de crianças e jovens mineiros da melhor forma possível”.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: