Greve dos tanqueiros é suspensa, e movimentos nos postos de JF começam a normalizar

Após o Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sindtanque-MG) anunciar, na noite desta sexta-feira (26), a suspensão da greve da categoria, o comércio de combustíveis começou se normalizar na manhã deste sábado (27). A Tribuna ouviu cinco postos de combustíveis em diversas regiões da cidade, e em três deles o fluxo de compradores já estava mais próximo do padrão cotidiano, após uma corrida dos juiz-foranos às bombas nesta sexta, por receio de desabastecimento.

Em contato com os postos Vip, no Bairro Francisco Bernardino, na Zona Norte; Piriquito, na Vila Ideal, na Região Sudeste; e Cascatinha, no bairro homônimo, na Região Sul, a reportagem apurou que a oferta e a procura de combustíveis já estavam normalizadas na manhã deste sábado.

Já no Posto Romualdo, no Centro, a procura dos clientes ainda era intensa. No Posto Dom Pedro, no Bairro Industrial, o movimento foi intenso desde sexta, e a gasolina do tanque chegou ao fim e o etanol já estava no limite na manhã desde sábado. A expectativa é de que ocorra a reposição ainda neste fim de semana, com o fim da greve iniciada na última quinta-feira.

A suspensão da greve se deu após reunião entre representantes do Sinditanque e os secretários de Estado de Governo, Igor Eto, e de Planejamento, Otto Levy, na noite desta sexta-feira (26). “Mediante compromisso do Governo, a categoria decidiu suspender a greve e voltar às suas atividades. Colocamos os pleitos e, na próxima semana, será marcada data para que a entidade possa se reunir com o Governo e dar sequência a essa pauta. Esperamos agora que, com sensibilidade, o Governo possa olhar para esta categoria, que está muito sofrida devido ao aumento do óleo diesel, que representa hoje mais de 60% do valor do frete”, afirmou Irani Gomes, presidente do Sindtanque, ao anunciar a suspensão do movimento grevista.

Ainda nesta sexta-feira, o governador Romeu Zema (Novo) informou nas suas redes sociais que, diante da ida dos mineiros aos postos, pediu que sua equipe se reunisse com os envolvidos no movimento e para um diálogo. “O Governo assume o compromisso de instalar já na próxima semana um grupo de trabalho em nossa equipe, em conjunto com representantes das entidades ligadas à cadeia do combustível, para a busca de uma solução dialogada e efetiva para as questões levantadas”, disse o governador.

Ainda segundo Zema, é intenção do Governo reduzir impostos, mas, para isso, é necessário primeiro equilibrar a situação fiscal do Estado. Em Minas Gerais, a alíquota da gasolina é de 31%, do etanol de 16% e do diesel, de 15%. “Reduzir impostos é um desejo meu e um compromisso desse Governo, vamos continuar perseguindo esse objetivo tão logo a situação fiscal do Estado e as limitações legais trazidas por ela nos permitam. Até lá, temos de construir alternativas e vamos buscá-las em conjunto”, publicou Zema.

Corrida aos postos

Nesta sexta-feira, quando ainda estava em vigor, a greve dos transportadores de combustíveis em Minas Gerais, afetou o abastecimento de combustíveis em Juiz de Fora, a exemplo de Belo Horizonte e de outras cidades próximas à Refinaria Gabriel Passos, em Betim. À era possível presenciar filas em vários postos da cidade. A Tribuna verificou filas em estabelecimentos na Ladeira Alexandre Leonel, no Bairro Democrata e na BR-040. Em alguns, inclusive, havia relato de falta de combustível.

O post Greve dos tanqueiros é suspensa, e movimentos nos postos de JF começam a normalizar apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: