Homem é condenado a 22 anos por homicídio no Monte Castelo

O homem de 28 anos acusado de ter matado a facadas Anderson Carlos de Silva, 41, em 25 de agosto do ano passado, foi levado a julgamento no Tribunal do Júri nesta terça-feira (16). O réu Willian de Oliveira dos Santos foi condenado a 22 anos de prisão. De acordo com o Ministério Público, ele agiu por motivo torpe, uma vez que entregou à vítima a quantia de R$ 5 para comprar um pedra de crack. Todavia, Anderson usou o dinheiro para adquirir bebida alcoólica. Ainda segundo a promotoria, o condenado dificultou a defesa da vítima ao surpreendê-la com agressões. Willian teve negado o direito de recorrer em liberdade.

O crime foi praticado entre as ruas do Palmares e Coronel Quintão, no Bairro Monte Castelo, Zona Norte de Juiz de Fora. A vítima chegou a ser socorrida até o HPS em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia seguinte. Anderson foi agredido até cair, momento em que o condenado aproveitou e desferiu-lhe duas facadas no abdômen e no tórax, atingindo-o no coração. O réu estava com mandado de prisão em aberto e foi capturado pela PM no dia 4 de abril, durante batida policial no Bairro Santa Terezinha, Zona Nordeste. Desde este dia ele permanecia no Ceresp, conforme informações da Secretaria de Administração Prisional (Seap).

O post Homem é condenado a 22 anos por homicídio no Monte Castelo apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: