Iniciada campanha de vacinação e declaração contra a febre aftosa

Produtores rurais, proprietários de bovinos ou bubalinos, terão até o dia 31 de maio para providenciar a vacinação do rebanho contra a febre aftosa. Logo após a imunização, é necessária a declaração da vacinação, que se encerrará no dia 10 de junho. Para produtores com plantel de até 150 animais, independente da idade, a declaração pode ser realizada presencialmente no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), ou também via internet, pelo site www.ima.mg.gov.br. Para rebanhos acima de 150, a regularização é feita exclusivamente pelo endereço eletrônico do IMA. Em Juiz de Fora, a sede do instituto fica na Rua Oscar Vidal, 354, no Centro.

O instituto reforça que a vacina é fundamental para manter os animais sadios e livres de focos da doença. O produtor que não vacinar os animais estará sujeito a multa de 25 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs) por animal, o equivalente a R$ 81,29 por cabeça. Já aquele que não fizer a declaração até o dia 10 de junho poderá receber multa de 5 Ufemgs, o equivalente a R$ 16,26 por cabeça.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora / MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: