Mais 11 mortes por Covid-19 são confirmadas em Juiz de Fora

Onze mortes causadas pela Covid-19 em Juiz de Fora foram confirmadas em boletim epidemiológico dessa terça-feira (6). Conforme os dados, os falecimentos ocorreram entre a última sexta-feira e esta segunda. Com a atualização, subiu para 1.803 o total de vidas perdidas na cidade desde o início da pandemia.

Entre os óbitos confirmados, três são de pessoas com menos de 60 anos, sendo que uma delas, um homem de 53 anos, também não apresentava comorbidades. Os demais falecimentos são de pessoas idosas com alguma comorbidade e/ou condição prévia de saúde.

Além disso, o informe também apontou mais 178 casos de coronavírus em relação aos dados anteriores. Com os novos números, a cidade já tem registrados, desde o começo da pandemia, 38.402 confirmações de diagnósticos de coronavírus. Quanto às notificações de síndrome gripal, consideradas suspeitas para a doença, foram 182 novos registros no mesmo período. No total, Juiz de Fora já contabilizou 93.603 casos suspeitos.

Todos os dados do boletim epidemiológico são referentes a moradores de Juiz de Fora. O balanço é disponibilizado pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) no site covid19.pjf.mg.gov.br, criado para divulgar informações sobre o coronavírus.

Vacinação

Além dos dados epidemiológicos, o boletim também destacou que foram aplicadas 4.763 vacinas contra a Covid-19 nesta terça, sendo 4.537 primeiras doses e 226 segundas doses. Ao todo, Juiz de Fora já aplicou 355.405 vacinas na população.

273 pessoas estão internadas com Covid-19 em JF

O boletim de leitos apontou, até às 18h50 desta terça, 273 internações simultâneas decorrentes do coronavírus, 24 hospitalizações a menos do que as registradas nesta segunda. Dos internados, 155 pacientes ocupavam leitos de enfermarias e 118 estavam em leitos de cuidados intensivos.

Conforme a PJF, o percentual de leitos UTI ocupados na cidade, somando equipamentos públicos e particulares, era de 66,67%. Em relação somente aos leitos UTI do SUS Covid, 55,95% dos equipamentos recebiam pacientes na noite desta terça. Nas UTIs da rede privada, os dados apontam 63,25% da capacidade, somando, neste casos, internações por Covid-19 e outras enfermidades.

Já nas enfermarias, a ocupação do SUS, somente destinadas a casos de Covid, era de 50,68%. O percentual das unidades da rede privada não é divulgado pela Secretaria de Saúde.

Óbitos

Entre os óbitos confirmados nesta terça, três são de pessoas com menos de 60 anos, sendo que uma dela também não apresentava comorbidades. Os demais falecimentos são de pessoas idosas com alguma comorbidade e/ou condição prévia de saúde.

As comorbidades, além da idade, conforme as autoridades, são fatores de risco para que a Covid-19 se agrave. Conforme já esclareceu a Secretaria de Saúde, no boletim epidemiológico são divulgadas todas as doenças prévias da vítima, não somente as comorbidades associadas ao agravamento da Covid-19.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

%d blogueiros gostam disto: