Polícia Civil desvenda dois homicídios ocorridos em JF

A Polícia Civil concluiu a investigação de dois homicídios, ocorridos nos meses de dezembro de 2019 e março deste ano, em Juiz de Fora. As apurações, divulgadas nesta sexta-feira (8), já resultaram na detenção de quatro suspeitos dos assassinatos cometidos nos bairros Vila Olavo Costa, na Zona Sudeste, e Benfica, na região Norte. Eles foram capturados por meio de mandados de prisão solicitados pela Polícia Civil. Dois adolescentes envolvidos em ambos os episódios violentos também já tiveram pedido de acautelamento solicitado à Vara da Infância e Juventude. Os crimes teriam relação com o tráfico de drogas e disputa entre grupos rivais.

O caso ocorrido no Olavo Costa foi a morte de Lucas de Paula Ozório, 19 anos, morto a tiros no dia 23 de março na Rua da Esperança, horas depois de receber o benefício da prisão domiciliar, concedido pela Justiça a até 300 presos do município como medida de prevenção nos presídios diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Lucas cumpria pena por roubo e corrupção de menor, mas já estava no regime semiaberto na Penitenciária José Edson Cavalieri (Pjec) . Alvejado por inúmeros disparos, o jovem chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Ponto Socorro, mas morreu em decorrência dos ferimentos.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada de Homicídios, Rodrigo Rolli, três suspeitos do crime foram identificados, sendo um deles preso nesta sexta-feira pela Polícia Militar. A motivação para a morte de Lucas estaria ligada ao tráfico de drogas.“O segundo autor saiu do sistema prisional no dia 5 e, 18 dias depois, ele executa a vítima (Lucas)”, detalhou o delegado. Quanto ao adolescente envolvido, foi pedido o acautelamento dele à Justiça ”.

Já o assassinato de Silas David da Silva, 23, registrado no dia 23 de dezembro, em Benfica, está relacionada a rixa entre grupos rivais, segundo as apurações da Polícia Civil. Os disparos na Rua Martins Barbosa teriam sido feitos pelos ocupantes de um carro e também feriram um rapaz, 19, atingido por dois tiros. Silas chegou a ser socorrido e conduzido até a UPA Norte, mas não resistiu. A outra vítima foi medicada e liberada.

Os dois suspeitos do homicídio e da tentativa são um homem e uma mulher. O casal está preso. De acordo com Rolli, foi pedido a conversão das prisões de forma preventiva. Os inquéritos dos crimes foram relatados e encaminhados à Justiça.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: