Prefeitura esclarece sobre desabamento de muro no Poço Rico

A Prefeitura de Juiz de Fora aguarda a perícia da Polícia Civil para identificar as causas de acidente ocorrido na tarde desta segunda-feira (10), onde uma parede de cerca de sete metros de altura desabou na Rua Osório de Almeida, no Bairro Poço Rico, região Sudeste de Juiz de Fora. Segundo a administração municipal, a Defesa Civil esteve no local na manhã desta terça-feira (11) e fez contato com as famílias afetadas a fim de fazer os encaminhamentos necessários.

O acidente ocorreu durante obras de drenagem do Poço Rico, intervenção “acessória e independente da obra do Viaduto Engenheiro Renato José Abramo”, como informou a PJF em nota. A drenagem foi realizada entre a Rua Romeu Arcuri e os fundos do galpão, que não estava sendo demolido. “A empreiteira iria iniciar a drenagem na Rua Osório de Almeida, no trecho entre o posto e o Bahamas. Ao passar por dentro do galpão, aconteceu o acidente.”

Cinco casas atingidas

A parede que desabou na Rua Osório de Almeida atingiu cinco casas vizinhas. Conforme havia sido informado pelo Corpo de Bombeiros, duas mulheres ficaram presas no interior de uma das casas e precisaram ser retiradas pelos militares, visto que o corredor estaria coberto pelos escombros. As outras quatro casas estavam vazias no momento da ocorrência. Ainda conforme a corporação, o incidente também não feriu trabalhadores da obra.

O post Prefeitura esclarece sobre desabamento de muro no Poço Rico apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: