PRF apreende mais de duas toneladas de maconha em menos de uma semana

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez mais uma apreensão de maconha na manhã desta sexta-feira (12), a terceira apenas esta semana. De acordo com a corporação, a droga estava camuflada em um caminhão com placa de Mirante de Paranapanema (SP), abordado durante operação de rotina no km 781 da BR-040, no entroncamento com a BR-267. Foi apreendida 1,2 tonelada de maconha. Na última segunda-feira (8), a PRF apreendeu 486,9 quilos da mesma droga, em um caminhão que supostamente transportava verduras e estava estacionado em uma propriedade rural, às margens da BR-267. Já na noite de quarta-feira (10), foram encontrados 423,9 quilos de maconha em uma caminhonete com placa de Maringá (PR), que seguia a Juiz de Fora, também pela rodovia. Somadas, as apreensões durante essa semana totalizam 2,1 toneladas.

Segundo a PRF, os policiais abordaram o veículo durante uma operação de rotina. Ao ser questionado, o motorista, de 49 anos, apresentou nervosismo e não soube informar seu destino ou origem. Além disso, o veículo era próprio para transporte de gado, entretanto, não havia nenhum animal, o que despertou a curiosidade dos policiais, levando-os a verificar a carroceria do caminhão. No espaço, foi constatado um fundo falso, coberto por esterco, grade e uma lona de borracha. Abaixo dos materiais, foram encontradas as drogas em toda extensão da carroceria. Ao verificar, ainda, a documentação do caminhão, a PRF constatou que, apesar das placas serem do interior de São Paulo, o veículo estaria registrado em Deodápolis (MS), região de fronteira com o Paraguai. O condutor foi preso em flagrante e encaminhado à Polícia Federal, para onde o veículo também foi levado. Ele foi preso em flagrante por tráfico e transporte de entorpecentes, sendo encaminhado ao Ceresp.

Ao ser questionado novamente, o motorista informou que teria sido contratado para pegar o veículo em Sete Quedas (MS), para entregar em Juiz de Fora. Entretanto, o suspeito não soube informar o local. Ele estaria em contato com outras pessoas para demais orientações para entrega da mercadoria. O homem iria receber R$ 10 mil pelo serviço.

A operação desta sexta-feira, bem como a de quarta, ocorreu em conjunto com os grupos táticos da PRF das delegacias de Juiz de Fora e de Petrópolis (RJ). A Tribuna perguntou a PF se os crimes desta semana podem estar relacionados, mas foi informada que foram abertos três inquéritos distintos para apurar os casos.

Outras apreensões

No início da semana, segunda-feira, a PRF localizou 600 tabletes de maconha em um caminhão que supostamente transportava verduras e estava estacionado em uma propriedade rural, às margens da BR-267, em Juiz de Fora. No local, havia uma caminhonete com placas de Carangola e um caminhão baú, com placa de Palmas (PR). Ao perceberem a presença da PRF, dois homens fugiram em direção a um matagal. Enquanto os policiais realizavam buscas, uma segunda caminhonete, emplacada em Juiz de Fora, chegou ao endereço. O condutor deste veículo foi preso por tráfico de drogas. Após apuração, a PRF encontrou os tabletes de maconha em um fundo falso no teto do baú do caminhão de verduras, totalizando 486,9 quilos da droga.

Na quarta-feira, a apreensão ocorreu no Km 163 da BR-267. A operação acarretou na apreensão de 423,9 quilos de maconha, encontrados em uma caminhonete com placa de Maringá (PR), que seguia a Juiz de Fora. Os tabletes estavam distribuídos em diferentes pontos do veículo, como nas laterais e fundos da caçamba e da tampa traseira, sob a forração plástica, dentro de duas sapateiras e no interior da cabine. O condutor, de 32 anos, teria sido contratado para pegar o veículo em Altônia (PR) e entregá-lo também em Juiz de Fora, não sabendo informar o local, afirmando que alguém faria contato para passar as orientações. Ele iria receber R$ 4 mil pelo serviço.

Juiz de Fora na ‘rota de tráfico’

Na segunda-feira (8), 486 quilos da droga foram apreendidos na BR-267. A apreensão despertou a atenção da PRF e a levou a intensificar a fiscalização na rodovia (Foto: Fernando Priamo)

De acordo com o policial rodoviário federal, Leonardo Facio, a primeira apreensão na BR-267, na segunda-feira, despertou atenção da PRF e a levou a intensificar a fiscalização na rodovia. As outras ocorrências registradas causam um alerta para a via, ao passo que também demonstram êxito no serviço realizado pela corporação. “Para a PRF, é muito gratificante porque é sinal de que nosso trabalho está rendendo frutos. Nós fizemos uma apreensão na segunda de 486 quilos de maconha, na quarta teve outra apreensão de 423 quilos, e agora essa terceira apreensão. Isso desperta o nosso interesse em estar fiscalizando aquele trecho porque é um trecho onde parece que é rota do tráfico de drogas”, aponta, acrescentando que, apenas este ano, foram apreendidas 5,9 toneladas de maconha durante este tipo de abordagem.

O reforço da fiscalização ocorreu com o deslocamento de mais equipes para a região, além de voltarem a atenção para veículos suspeitos ou mesmo em casos questionáveis, como na apreensão realizada nesta sexta-feira, onde o motorista demonstrou nervosismo ao ser abordado pelos policiais. “Vamos continuar fazendo nosso trabalho na região da 267 e proximidades, como na 040.”

O post PRF apreende mais de duas toneladas de maconha em menos de uma semana apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: