SRS recebe denúncia de busca pela 3ª dose de vacina contra a Covid-19

A Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora (SRS/JF) foi informada sobre casos de pessoas que estão completamente vacinadas contra a Covid-19 e buscaram postos, omitindo a informação, para ter acesso a uma terceira dose do imunizante, de outra marca.

O órgão alerta que os dados dos vacinados são registrados nominalmente no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), que é on-line e permite a verificação da situação vacinal de qualquer indivíduo, em qualquer sala de vacinação do país, independente do local de administração da dose.

A SRS reforça que os indivíduos que já receberam o imunizante e agem desta forma para receber doses adicionais, de forma intencional, estão sujeitos a sanções legais e éticas. Quem for identificado nesse tipo de ação terá os dados encaminhados ao Ministério Público do Estado de Minas Gerais, que deverá tomar as devidas providências.

Essa atitude, conforme a Superintendência, retarda o processo de vacinação, tirando o acesso a pessoas que estão aptas a receber o imunizante. Além disso, a SRS reitera que as vacinas em uso no Brasil são seguras e eficazes. No momento, há esquemas de vacinação de dose única (Janssen) ou duas doses (Coronavac, Pfizer e AstraZeneca).

Além disso, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) não recomenda doses adicionais além dos esquemas básicos preconizados e/ou com imunizantes diferentes, como reforça a SRS. Não há dados disponíveis sobre segurança e eficácia desta prática.

A Tribuna fez contato com a Secretaria Municipal de Saúde, em busca de informações sobre a quantidade de casos identificados na cidade e sobre orientações gerais sobre o assunto, mas não obteve retorno até a edição desta matéria.

 

O post SRS recebe denúncia de busca pela 3ª dose de vacina contra a Covid-19 apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

%d blogueiros gostam disto: