Comissão da Câmara denuncia a venda de remédios restritos e proibidos no Camelódromo de Divinópolis

A Comissão de Administração Pública da Câmara de Divinópolis apresentou na reunião desta terça-feira,19 denúncias ainda mais graves sobre o Camelódromo da cidade. Além da apuração de produtos contrabandeados e a receptação de mercadorias irregulares, no local estariam sendo comercializados também medicamentos de venda restrita e até mesma proibida.

Entre os medicamentos citados pelo vereador estão o Pramil um popular genérico do Viagra que trata a disfunção erétil, e o Cytotec. O produto abortivo é conhecido como a pílula da morte. A denúncia aponta que estes remédios são vendidos livremente no Centro de Comércio popular sem qualquer prescrição ou acompanhamento de um profissional da saúde.

O caso será acompanhado pelo vereador Marcos Vinícius (PROS). Ele afirma que será feito o levantamento de diversas irregularidades como quebra de regras. Algumas apontadas pelos denunciantes citam que existem 5 barraqueiros com mais de uma barraca o que é proibido. Eles usam laranjas para manter os espaços. Outros proprietários alugaram a barraca o que também é proibido. Para avaliar todas as situações a Comissão montou um cronograma de reuniões que já está sendo realizado.

Marcos Vinícius propõe a criação de uma Associação como forma de organizar os profissionais que atuam no espaço e desta forma até mesmo combater outros problemas como a entrada de “toureiros” na cidade. O próximo passo da Comissão será se reunir novamente com os trabalhadores e realizar uma fiscalização, com a Polícia, o Corpo de Bombeiros, e a CDL.

Postado originalmente por: TV Candides

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: