CPI dos Áudios tem quebra de sigilo telefônico autorizada e ouve na segunda novas pessoas

A Comissão Parlamentar de Inquérito que apura as denuncias contra a prefeitura de Divinópolis já tem uma nova agenda de trabalho. Novamente está programado uma bateria de oitivas nesta segunda-feira, 09 de julho. A proposta é elucidar as ligações que mostram negociatas de cargos públicos.

De acordo com o presidente da CPI o vereador Ademir Silva quatro pessoas serão ouvidas na próxima semana. Às 13 horas está programado o depoimento do procurador do município Wendel Santos, às 14:30 a CPI ouve o promotor federal Lauro Coelho, às 15:30 será a vez do ambientalista Jairo Viana e às 16:30 o vereador Delano Santiago.

Mais uma vez a TV Candides fará a transmissão ao vivo de todas as oitivas. A proposta da emissora é dar transparência a apuração dos fatos. A TV pediu aos membros da Comissão permissão para mostrar as reuniões da CPI e foi autorizada por todos os vereadores. A iniciativa não gera custos para o Legislativo.

Nesta quarta-feira (04), a Comissão teve também uma autorização importante, a quebra de sigilo telefônico de cinco pessoas envolvidas nas denuncias. O pedido de quebra de sigilo foi feito pelo vereador Edson Souza. A intenção é ter acesso às ligações feitas e recebidas no período de 14/06/2017 a 30/04/2018.

A quebra de sigilo solicitada pela Comissão Parlamentar de Inquérito permite ter acesso a relação de ligações do prefeito , Galileu Machado, do denunciante Marcelo Marreco, do ex assessor especial de governo afastado do cargo, Fausto Barros, do jornalista, Geraldo Passos e da secretária municipal de Administração Raquel Oliveira.

Reveja como foi o depoimento de Marcelo Marreco

Postado originalmente por: TV Candides

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: