Em apenas 7 meses cães da PM de Divinópolis já apreenderam mais de 700kg de drogas

A Polícia Militar em Divinópolis conta com o serviço de Rondas Ostensiva com Cães. O trabalho tem trazido resultados positivos. Só este ano, mais de 700 kg de droga foram apreendidos pelos cães. Este é o balanço de apenas 7 meses de trabalho em 2017. A principal ação foi realizada no bairro Campina Verde. Os cães conseguiram encontrar as drogas enterradas em um terreno vazio.

Mas como os cachorros conseguem ter tamanha habilidade para farejar os entorpecentes? Desde o nascimento, ele é treinado para reconhecer um objeto e depois direcionamos para um odor específico. Muita gente pensa que o farejador tem contato com os entorpecentes, como a cocaína ou a maconha, mas isso não acontece. Ele é treinado apenas pelo odor dessa substância. Para o cachorro, é como uma grande brincadeira. Sempre que reconhece alguma substância ou um explosivo, ele ganha uma recompensa.

No caso dos entorpecentes, depois de um ano e meio, ele já pode ser testado nas operações. Maduro mesmo só depois de dois anos de idade. As raças principais que a PM trabalha são Pastor Belga Malinois, Labrador e Springer Spanell. Dentro da mesma raça, existem cães que têm aptidão para esse tipo de trabalho e outros que não. Um cão é treinado para reconhecer até 25, 30 tipos de odores diferentes. Ele pode ser treinado para encontrar diferentes tipos de entorpecentes. Os humanos possuem 5 milhões de células olfativas e os cachorros, em média, 250 milhões.

Em Divinópolis os cães farejadores da PM já ajudaram os militares a terem êxito em várias ações.

Postado originalmente por: TV Candides

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: