Anuncie
Divinópolis e Região

Escola Lauro Epifânio no Interlagos pode fechar o primeiro ano do ensino fundamental

Por: TV Candidés 14/09/2017 10:18

A possibilidade da Escola Estadual Lauro Epifânio no bairro Interlagos fechar a série inicial em 2017 foi divulgada na reunião desta terça-feira, 12. Segundo o vereador Cesar Tarzan o assunto tem sido discutido nas reuniões do colegiado, porém os professores e funcionários estão com receio de abordar o assunto com medo de represálias da Superintendência Regional de Ensino.

O vereador alegou que foram feitos vários contatos com o Superintendente Regional de Ensino. Um dos objetivos era montar uma comissão com a participação de pais e da comunidade para discutir o assunto, porém o superintendente Silvio Faria afirmou que a decisão será definida internamente sem a participação da população. Sem diálogo o parlamentar teme que a possibilidade de fechamento das séries iniciais passe a ser uma realidade em 2017.

O gabinete do parlamentar fez um levantamento escolar na região e os dados apontam a gravidade do problema. A Escola Estadual Lauro Epifânio oferecia no ano passado 100 vagas para a primeira série do ensino fundamental. Neste ano o número foi reduzido para 50. Existem três CEMEIs na região, Jose Cristovão no Interlagos que tem 70 crianças com 5 anos, o CEMEI Nossa Senhora das Graças que tem 75 crianças com 5 anos e o Anália Nogueira também no Nossa Senhora das Graças com 130 crianças. No total são 270 crianças nos CEMEis que completam em 2018 a idade escolar de 6 anos e necessitam de vagas no primeiro ano do ensino fundamental. Além do Lauro Epifânio a outra Escola da região é Gonçalo de Matos no Nossa Senhora das Graças que hoje tem apenas 75 vagas para o ano inicial.

Segundo o veador Cezar Tarzan a conta é simples, mas a matemática não bate. São 270 crianças em 2018 para apenas 125 vagas, isso se a Escola Lauro Epifânio não desativar por completo o primeiro ano do ensino fundamental. A falta de diálogo apontada pelo vereador foi novamente confirmada pelo Sistema MPA. O departamento de jornalismo tentou contato com a Superintendência Regional de Ensino várias vezes, mas ninguém atendeu o telefone.

Postado originalmente por: TV Candides

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: