Galileu repudia decisão do estado e diz que não vai desistir de abrir o hospital público

 A declaração do estado de oficializar a não abertura do hospital público de Divinópolis gerou repercussão. O prefeito Galileu Machado fez um ato de repudio ao governador Romeu Zema. Em uma entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis ele disse que não vai desistir. O prefeito pretende buscar apoio dos deputados e outras lideranças para sensibilizar o governo a liberar os recursos.

 Outra proposta colocada pelos prefeitos da região é usar a alternativa o apoio da iniciativa privada. Este exemplo tem sido aplicado em outros estados. Em São Paulo a AMBEV, Gerdau e o governo se uniram para abrir um hospital em 40 dias. O movimento no Centro-Oeste de Minas é feito através da Associação dos Municípios Mineiros do Vale do Itapecerica.

Em uma coletiva na tarde desta quarta-feira, 25 o secretário de saúde de Minas Gerais Carlos Eduardo Amaral respondeu a pergunta encaminhada pela TV Candides. A dúvida era se o estado pretende abrir o hospital público para aumentar os leitos de SUS no Centro-Oeste de Minas. O secretário afirmou que neste momento o esforço é para ampliar as vagas nas unidades que já estão em funcionamento. Ele enfatizou que o hospital de Divinópolis está classificado como obra inacabada, portanto não está no planejamento emergencial do governo.

O post Galileu repudia decisão do estado e diz que não vai desistir de abrir o hospital público apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: TV Candides

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: