Governador mantém medidas de isolamento e pede apoio do Exército no combate ao coronavirus

O governador Romeu Zema começou o pronunciamento desta tarde, 31 falando dos dois óbitos confirmados no estado de Minas Gerais por coronavirus. Ele enfatizou mais uma vez que a preocupação é com vidas. Ele disse que o estado foi um dos primeiros a adotar medidas preventivas, por isso o resultado até o momento é satisfatório. Desta forma ele reforçou que é preciso ter cautela em todas as decisões.

Segundo o governador o número de internações por causa da doença caiu nos últimos 5 dias. Ele disse que ainda é necessário manter as ações preventivas para garantir que os números permaneçam estáveis. Um estudo periódico mostra o caminho a seguir, ouvindo sempre a equipe técnica de saúde. Neste contexto o governador solicitou apoio ao exercito no combate ao coronavirus. Com o apoio dos Bombeiros e da Defesa Civil do estado será feira a desinfecção de locais públicos.

O governo ainda anunciou que a FUNEDI vai dobrar sua capacidade de exames para realização de testes no estado. O governador ainda enfatizou que terá um reforço de 500 milhões para saúde. O dinheiro é proveniente da indenização da Valle por causa do rompimento da barragem de Brumadinho. Foi feito o pedido de antecipação. A empresa já concordou, falta agora só a liberação judicial. Apesar da estimativa de queda na arrecadação de aproximadamente 7, 5 bilhões de reais, as medidas restritivas vão permanecer.

O post Governador mantém medidas de isolamento e pede apoio do Exército no combate ao coronavirus apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: TV Candides

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: