Por causa da greve: Abastecimento em Divinópolis aos poucos é normalizado

Aos poucos a situação do desabastecimento de produtos vai sendo regularizada em Divinópolis, porém, algumas restrições ainda existem. Uma delas é em relação ao abastecimento de combustível, onde alguns postos limitaram 30 litros por cliente.

Nos supermercados também não é diferente. Em alguns deles é possível levar somente cinco unidades do mesmo produto. E o Ministério Público (MP) também está de olho nos reajustes de preços durante esse período delicado.

A paralisação dos caminhoneiros chegou ao fim, mas a situação na cidade inda não foi totalmente normalizada. O Ministério Público emitiu no começo da semana, uma recomendação aos donos de postos de combustíveis e proprietários de comércios varejistas, para que limitem as vendas até o abastecimento ser regularizado.

Tal limitação também foi estendida aos revendedores de gás, sendo a venda somente de um botijão de gás por pessoa. Em relação aos preços praticados, o MP informou  que não pode haver  aumento nos valores, exceto se houver justificativa que condiz com a atual situação.

O Procon de Divinópolis também está monitorando alguns estabelecimentos. A medida foi necessária após um posto de combustíveis vender nesta semana, etanol a R$ 3,89, quando o preço praticado antes do desabastecimento era de R$ 3,05. O proprietário foi notificado e deverá comprovar o motivo do aumento.

 

Postado originalmente por: TV Candides

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: