28 Congresso
Divinópolis e Região

Sócios da Cooperativa podem ser executados por bancos devido a não pagamento de duplicatas

Por: TV Candidés 24/10/2017 9:18

Dificuldade financeira, revolta e muitas perdas. Osmar Gomes Branquinho é um dos produtores rurais atingidos pela crise da Karinho. Até hoje ele aguarda receber da empresa. A Cooperativa de Divinópolis está fechada desde setembro de 2015 após o cancelamento do contrato com a empresa Áquila de gestão que administrava a karinho. Na época a divida divulgada era de R$ 38 milhões. Porém os valores corrigidos já chegam a 45 milhões.

O novo valor foi publicado pelo Jornal Agora que divulgou na última semana na coluna preto no branco que as agências do banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal devem executar as duplicadas nos próximos meses. Os bancos não quiseram se pronunciar sobre o caso, porém a demora na confecção de acordos e pagamentos de dívidas é um indicio de que os atrasos permanecem.

Em 2016 o Jornal Candides havia mostrado que algumas empresas já estavam na justiça contestando pendências inexistentes. A empresa CEMA foi uma delas. Em uma ação no Tribunal de Justiça de Minas Gerais ela pedia a revogação de títulos indevidos já que a empresa cobrava produtos que nunca haviam sido entregues. Sem acordo os produtores também estão na justiça cobrando os pagamentos.

No ano passado o jornalismo teve acesso às atas de várias reuniões da diretoria. A Cooperativa pertence a um grupo de 14 cooperados. Um dos principais acionistas é José Magela Costa proprietário da empresa Avivar Alimentos. Com a execução das dívidas pelos bancos, os sócios proprietários podem ser responsabilizados pelos débitos, mesmo o grupo tendo feito uma manobra administrativa para diminuir as responsabilidades fiscais e criminais. Na ata de março de 2016 a Cooperativa aparece com uma mudança na nomenclatura. A inclusão do termo limitada na razão social muda à forma de interpretação da justiça amenizando as penalidades.

Nem a empresa Avivar nem a defesa do empresário quiseram se pronunciar sobre o caso. Sem uma solução para o problema os produtores aguardam ansiosos por um desfecho já que o produto é a principal fonte de renda das famílias.

Veja a reportagem: 

Postado originalmente por: TV Candides

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: