Mulher presa após perseguição em alta velocidade diz que ‘precisava fazer cocô’

Emily Sindt Owings, uma mulher de 28 anos, foi presa com a carteira de motorista vencida após uma perseguição policial devido à alta velocidade com a qual ela conduzia o veículo – cerca de 115 Km/H em perímetro urbano de Oklahoma, nos Estados Unidos. Ao ser abordada pelos policiais, ela disse que “precisava muito fazer cocô”.

Como a desculpa não convenceu os agentes, ela ainda tentou argumentar que era seu aniversário e pediu para ser solta, repetindo diversas vezes que precisava evacuar. O único documento de identificação que Owings portava era uma permissão de compra de maconha medicinal.

Ela foi detida e levada à delegacia local. Quando os policiais revistaram o veículo que diria, foi encontrada um tubo de vidro usado para consumir metanfetamina com resíduos da droga dentro.

Ela responderá por dirigir irresponsavelmente, falso testemunho, conduzir um veículo com a habilitação suspensa, pela ausência do sinto de segurança e por posse de drogas ilegais.

“Todos fazem cocô, nós sabemos disso. Mas isso não é desculpa para cometer delitos e colocar pessoas em risco”, escreveu o departamento de polícia em nota sobre o ocorrido da última quinta-feira, 17.

 

O Tempo

Postado originalmente por: Portal V9 – Vitoriosa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: