Suspeito de assalto tenta receber seguro Dpvat na justiça após acidente durante fuga e leva é condenado

De mocinho a vilão ….. um motociclista de Uberaba saiu do papel de vítima de um acidente depois que entrou na justiça por ter o seguro DPVAT negado, e foi condenado a pagar multa ao estado. Tudo isso depois que um segredo foi revelado.

Este homem seria, na verdade, um suposto assaltante que sofreu um acidente ao tentar fugir da polícia.

Todas as vítimas de um acidente automotor, sejam elas condutores dos veículos, passageiros, ou beneficiários têm direito ao seguro DPVAT. No entanto, para este motociclista de Uberaba esse direito foi negado e ele ingressou com uma ação judicial e acabou sendo multado.

A sentença foi aplicada pelo juiz do caso, Lúcio Eduardo de Brito da Primeira Vara Civil da Comarca de Uberaba. Segundo o magistrado, ficou comprovado nos autos do processo que o homem sofreu acidente ao empreender fuga depois de cometer, junto com seu comparsa, um roubo a mão armada.

O delegado regional de Polícia Civil, Dr. Luciano Alves dos Santos, explicou que o seguro não é pago em casos em que o acidente acontece em função da direção de perigo gerada pelo condutor.

Ainda segundo o delegado um dos principais crimes descobertos pela Polícia Civil em fraudes do DPVAT é o de estelionato.

No caso de Uberaba, o homem terá que pagar multa para o Estado de Minas Gerais, equivalente a 10% sobre o valor da causa. Ele terá também que indenizar a seguradora pelos prejuízos que sofreu com a demanda e a arcar com os honorários advocatícios e todas as despesas que a empresa tenha efetuado em virtude da ação judicial.

O motociclista acabou sendo condenado por má-fé.

Rodrigo Fernandes

Postado originalmente por: Portal V9 – Vitoriosa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: