Suspeito de assaltar família do Ceará é preso no Vale do Jequitinhonha

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu preventivamente, nessa terça-feira (20/4/2021), um suspeito de integrar o grupo criminoso responsável por roubar uma família do estado do Ceará, no dia 26 de dezembro de 2019. O crime ocorreu em uma parada às margens da Rodovia BR-116, entre os municípios mineiros de Medina e Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha. O investigado foi localizado no Povoado Tancredo Neves (popularmente conhecido como “Cariri”), no município de Cachoeira de Pajeú.

Na ocasião do crime, a família, que estava em viagem por Minas Gerais e retornava ao Ceará, foi rendida por três suspeitos armados. Eles levaram a caminhonete das vítimas, além de dinheiro, celulares, bagagens e outros pertences.

A PCMG em Medina imediatamente deu início às investigações e identificou que os suspeitos integram associação criminosa que vinha cometendo roubos contra caminhoneiros naquela região.

No dia 7 de maio do ano passado, a PCMG realizou operação em conjunto com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e conseguiu recuperar três celulares, uma câmera fotográfica e três selas de montaria. O veículo roubado teria sido vendido para um receptador na região Oeste do Estado da Bahia, mas até o momento não foi localizado.

Com a conclusão do inquérito policial, dois suspeitos foram indiciados por roubo, associação criminosa e corrupção de menor. A PCMG solicitou à Justiça a decretação da prisão preventiva dos indiciados, sendo um deles, de 19 anos, preso nessa terça-feira (20/4) e encaminhado ao Sistema Prisional.

“As investigações continuam para localizar e prender os demais envolvidos”, informou a PCMG.

——————
Quer receber as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão? Siga-nos no Facebook @aconteceunovale, Twitter @noticiadosvales e Instagram @aconteceunovale.

Postado originalmente por: Aconteceu no Vale

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: