Cachaça apreendida pela PRF vai ser transformada em álcool gel

Uma apreensão de mais de 300 litros de cachaça feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai ter um destino inusitado e que pode ajudar muita gente. A cachaça vai ser transformada em álcool e poderá ser usada no combate à pandemia do coronavírus, em Juiz de Fora, na Zona da Mata.

Ao todo, serão 330 litros da bebida transformados em álcool em gel. O trabalho será feito por uma equipe do Instituto Federal do Norte de Minas. A ideia de transformar a cachaça em álcool gel ganhou força porque o produto não pode ser descartado em aterro sanitário.

A apreensão da cachaça foi feita na última segunda-feira (29), na BR-267. Um idoso de 62 anos transportava as bebidas sem identificação, rótulo ou documento fiscal.

A PRF informou que a cachaça era transportada em jarros e pareciam ser de fabricação artesanal. Os agentes ainda disseram que é obrigatória a apresentação do registro, de acordo com o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Segundo o homem que transportava a bebida, ele comprou a cachaça em um alambique, em Visconde do Rio Branco, por R$ 580. Ele informou que a bebida seria revendida em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: