CNT aponta que mais de 70% das rodovias mineiras estão em situação péssima, ruim ou regular

Estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT) apontou que as rodovias mineiras estão em conservação consideradas péssima, ruim ou regular. Os dados apontados pelo órgão representam 70,6% dos 15.363 quilômetros analisados pelos técnicos CNT. O restante, 29,4% foram considerados em conservação ótima ou boa.

Os dados divulgados neste ano mostram a precariedade das estradas mineiras e que vem se agravando. No ano passado, o mesmo estudo revelou que 61,3% estava em más condições, um aumento de 9,3%, conforme os dados divulgados pela CNT, na última terça-feira (22).

Para realizar o estudo é levada em consideração toda a malha federal pavimentada e os principais trechos dos estados. Neste ano, em todo o país, foram analisados 108,8 mil quilômetros. Destes, 15,3 mil quilômetros estão em Minas.

Em todas as estradas mineiras, 21 pontos são considerados críticos para a CNT, destes 17 são erosões de pista, três trechos com buracos grandes e uma queda de barreira.

Para solucionar os problemas nas rodovias mineiras, o órgão estima que deve ser feito um investimento de R$ 6,6 bilhões. No âmbito nacional este investimento deve ser de R$ 38,6 bilhões.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: