Deputados afirmam que vão trabalhar para derrubar veto do governador no reajuste salarial da segurança

Mesmo com o estado tendo as atenções voltadas para o combate ao novo coronavírus, deputados estaduais defenderam que vão trabalhar para derrubar o veto do governador ao reajuste inflacionário no salário dos servidores da segurança. A decisão foi tomada em reunião da Comissão de Segurança Pública, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na última terça-feira (17).

Inicialmente a proposta do próprio governador era de que o reajuste inflacionário destinado a estes trabalhadores fosse de 41,7%, mas após impasse com o próprio partido e o governo federal, Zema optou por sancionar o projeto parcialmente, concedendo 13%, a partir de 1° de julho no salário dos trabalhadores.

A reunião dos deputados foi acompanhada pelos servidores, mas como forma de prevenção ao coronavírus, os funcionários públicos precisaram ficar do lado de fora das dependências da Casa, assistindo a reunião por meio de telões.

Sargento Rodrigues (PDT) ressaltou que não concordou com a justificativa apresentada pelo Executivo e chamou de ‘desculpa esfarrapada’.

Durante a tramitação do projeto na Assembleia, os deputados também aprovaram uma emenda que estendia o reajuste para demais categorias do funcionalismo, porém a proposta também foi vetada pelo governo.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: