Em regime semiaberto, goleiro Bruno negocia volta aos gramados em clubes mineiros

Jogador cumpre pena em regime semiaberto desde o dia 19 de julho. Bruno já cumpriu 9 anos de detenção

Após entrar no regime semiaberto, o goleiro Bruno Fernandes já se prepara para voltar aos gramados. O goleiro, que foi preso em 2010 por participação no sequestro e assassinato da modelo Eliza Samudio, pode assinar com um clube ainda neste ano.

Especula-se que o contrato do jogador seja assinado nas próximas semanas. A defesa dele informou que houve negociação com a diretoria do Poços de Caldas Futebol Clube, do Sul de Minas, cidade próxima de onde o jogador estava preso. O clube também disse ter interesse na contratação do jogador.

A advogada de Bruno, Mariana Maglirioni, explicou que por questões contratuais os nomes dos interessados não podem ser divulgados. Segundo ela, eles precisam aguardar trâmites da Justiça para liberação do trabalho.

O Athletic Club, de São João del-Rei, na região central de Minas, iniciou negociações para a contratação do atleta, porém, de acordo com o gerente de futebol do time, Fábio Campos, não houve acordo.

Bruno havia jogado pelo Boa Esporte, por conta de um habeas corpos, em 2017. Na época ele ficou no clube por apenas dois meses.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: