Estudo da UFMG aponta piora de hábitos em adultos e adolescentes durante a pandemia

Um estudo feito pela escola de enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) analisa as mudanças psicológicas e comportamentais dos adolescentes durante a pandemia.

Um primeiro estudo feito pelos pesquisadores em adultos apontou pioras em hábitos alimentares, além de sedentarismo e aumento da sensação de solidão. Nos adolescentes em específico os resultados preliminares apontam que a situação pode ser ainda pior com os jovens.

Para realizar a pesquisa, uma das responsáveis comentou que um questionário é aplicado para jovens com idade entre 12 e 17 anos de diferentes regiões do país.

Estudos feitos em outros países também apontam que a quarentena apresentou resultados negativos para os jovens, como perda de sono e piora das condições físicas.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: