Gerente de agência bancária é morto com tiro na cabeça em Guaxupé; família ficou refém dos bandidos

O gerente de uma agência do Banco do Brasil, de Guaxupé, no Sul de Minas, foi morto com um tiro na cabeça logo após um assalto, na manhã desta quarta-feira (20). A mulher dele e o filho foram feitos reféns pelos criminosos nesta manhã, na casa deles.

Os policiais informaram que os bandidos ficaram com os familiares de Alexandre Vieira Rodrigues, de 39 anos, enquanto ele foi ao banco.

Na agência bancária, um dos criminosos atirou na cabeça do gerente. Ele ainda atirou contra os policiais e foi baleado.

O bandido foi identificado como Heder Vasconcelos Lopes. Ele e Alexandre foram socorridos e encaminhados à Santa Casa da cidade, mas ambos chegaram sem vida.

A esposa e o filho do gerente, que estavam sob cárcere dos criminosos, foram liberados próximos de um clube, entre a cidade de Guaxupé e Guaranésia.

A polícia segue em busca dos suspeitos. Eles disseram não saber quantos bandidos participaram da ação.

No início da tarde desta quarta-feira, Policiais do Departamento de Operações Especiais (Deoesp) da Polícia Civil de Belo Horizonte estiveram na cidade para auxiliar nas investigações.

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: