Homem é morto por amigo enquanto caçavam javali em Itanhandu

Uma caçada terminou com a morte de um homem de 43 anos por engano na zona rural de Itanhandu, no Sul de Minas, no último domingo (2). Dois amigos estavam caçando javali em uma fazenda e um deles foi atingido por um tiro.

Segundo a Polícia Militar, os dois estavam realizando a caça na durante a manhã de domingo em uma fazenda, até que um dos homens foi confundido com o animal e morto por um disparo feito pelo amigo.

Segundo o suspeito, o amigo dele primeiro atirou no javali e correu até a direção do animal. Ao chegar próximo do animal, para checar se ele estava vivo, o autor do disparo acabou vendo de longe e pensou que o bicho estava se movimentando e, então, atirou, mas acabou acertando o companheiro.

Após o disparo, ele ouviu os gritos do amigo, tentou socorrer ele, mas o homem acabou morrendo.

A polícia foi acionada, isolou a área e apreendeu as armas utilizadas. Ainda segundo a polícia, a caça de javali não configura crime ambiental porque o animal não faz parte da fauna silvestre brasileira.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: