Espinosa concede primeiro Selo de Serviço de Inspeção Municipal

A empresa Tia Beth Alimentos, que produz linguiça artesanal em Espinosa, no extremo Norte de Minas, recebeu nesta segunda-feira (23) o Selo de Serviço de Inspeção Municipal (SIM), entregue pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Industrial do município. A certificação que garante a qualidade de produtos de origem animal permite a comercialização da linguiça artesanal em todos os 15 munícipios localizados na Serra Geral. Esta foi a primeira empresa de Espinosa a receber o Selo.
 
A conquista é resultado de uma parceria entre Sebrae Minas, Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável União da Serra Geral, Prefeitura Municipal de Espinosa e várias outras entidades que trabalham em prol dos pequenos produtores da região.
 
A coordenadora do Serviço de Inspeção municipal, Daniella Cangussu Tolentino, lembra que a busca pelo Selo em Espinosa vem desde 2017. “Desde então, caminhamos juntos com o Consórcio e aprendemos tudo sobre os aspectos legais e o que era preciso para a certificação. Foram meses de muito trabalho para adaptar utensílios, equipamentos, infraestrutura, exames na água e na matéria-prima e regularizar o quadro de funcionários, entre outras providências. E acreditamos que este é o primeiro Selo de muitos que ainda virão”, prevê.
 
Para o proprietário da Tia Beth Alimentos, João Carlos Oliveira Martins, o Selo traz credibilidade para a empresa e confiança para os clientes. “Ter o SIM é uma segurança para mim e para os consumidores. Isso indica que nosso produto tem origem certificada, qualidade da matéria-prima e higiene. Essa conquista é uma realização pessoal e profissional. Vamos continuar nosso trabalho e passar a atender todas as cidades da Serra Geral com um produto regularizado”, comemora o microempreendedor.
 
União
 
O analista do Sebrae Minas Jadilson Borges destaca o papel das parcerias para a conquista do selo. “Trabalhamos junto ao Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável União da Serra Geral e unimos forças no auxílio aos empreendedores. O Sebrae colocou à disposição do Consórcio ações voltadas ao fortalecimento do associativismo e cooperativismo, informações sobre boas práticas de produção e palestras sobre gestão empresarial. Essas parcerias são fundamentais para acelerar os projetos”, ressalta.
 
 
Rosilene Tenório é Agente de Desenvolvimento em Espinosa e destaca a importância do Selo para os pequenos empreendedores da região. “O SIM vinha sendo buscado pelos pequenos produtores há muitos anos. Essa conquista significa uma quebra de barreiras e um incentivo, uma vez que os produtos podem ser vendidos em toda a Serra Geral. Vamos buscar novas certificações que irão impulsionar o empreendedorismo e gerar emprego e renda na região”, reforça.
 
Parceiros
 
Além do Sebrae Minas, o Consórcio Intermunicipal trabalha em conjunto com Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Associação Comercial e Industrial de Porteirinha (Aciport), Associação dos Produtores de Queijo Artesanal da Serra Geral (Aproqueijo), Emater, IMA, Ministério Público de Defesa do Consumidor/Procon, entre outros.  Os municípios que integram o grupo são: Espinosa, Janaúba, Porteirinha, Jaíba, Pai Pedro, Matias Cardoso, Verdelândia, Nova Porteirinha, Riacho dos Machados, Gameleiras, Mamonas, Montes Azul, Catuti, Mato Verde e Serranópolis de Minas.

Postado originalmente por: VinTV

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: