Wagner Pires de Sá, ex-presidente do Cruzeiro, disparou contra o zagueiro do clube mineiro, Dedé.

“O Dedé ficou um ano e meio parado, ganhando R$ 800 mil, o Cruzeiro gastou… Não é igual INSS não. Ah, o cara tá doente, vai para o INSS, ganha salário mínimo. Não, o time paga. Ganhou mais de R$ 50 milhões sem jogar. E se vender, não vende, primeiro porque ele é todo f*** e não passa no exame médico. Futebol brasileiro é isso”, disparou Wagner.

Desde que teve um problema no tornozelo, no jogo contra o Internacional, pela Copa do Brasil, em setembro de 2019, Dedé não voltou a atuar. O jogador já teve outros problemas graves, principalmente no joelho, quando rompeu os ligamentos.

Foram apenas 13 partidas do zagueiro de novembro de 2014 a dezembro de 2017.

Postado originalmente por: VinTV

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: